Image Map
Blog Robsten Support. Tecnologia do Blogger.

13 de mar de 2012

ROBERT PATTINSON CONVERSA COM A FILM3SIXTY (UK)

     
Mais conhecido pelo personagem do vampiro adolescente Edward Cullen no sucesso fenomenal da Saga Crepúsculo, Robert Pattinson vira um sedutor em série em seu novo filme Bel Ami. Nesta adaptação do romance clássico de Guy de Maupassant, ele encanta Uma Thurman, Christina Ricci e Kristin Scott Thomas. Algumas tiveram toda sorte.


Film3Sixty: Sua personagem em Bel Ami, Georges Duroy, é um homem sem moral?
Robert Pattinson: Ele só não tem consciência. Ele não tem capacidade de fazer nada e acha que tudo deve apenas ser entregue a ele. Mas se alguém o despreza ou lhe dirige um insulto, ele é tomado pela energia mais esmagadora e se transforma nesse absoluto demônio. É como em “Assim Caminha a Humanidade” quando [James Dean] constrói todo o império só pra dizer f***, ele  é exatamente assim mas sem se redimir. O filme todo é sobre essas pessoas tentando derrotá-lo e fazê-lo sentir remorso, e quanto ele está quase lá, algo acontece com ele de novo.

 Você tem muitas mulheres atraentes para conquistar no filme.
Sim, tem Christina Ricci, Uma Thurman e Kristin Scott Thomas. E eu durmo com todas elas.

 Então foi um filme divertido de ser filmar?
O script é incrível. É muito engraçado mas de uma forma estranha. Tive que ensaiar durante quatro semanas, seis dias por semana, bem completo mesmo, incluindo ensaios de movimento, que eu nunca tinha feito antes. Isso foi meio cansativo  assim como treinar esgrima todos os dias, o que é absolutamente impossível.

Você escolheu o papel porque a personagem é tão diferente de Edward Cullen em Crepúsculo?
É sempre o script. Acho que há algo meio divertido em Bel Ami, passando de Edward para depois interpretar um cara que abusa das mulheres para tirar dinheiro delas. O Edward nunca iria aprovar, pensei que isso seria um ironia engraçada. Mas a historia, independetemente de qualquer coisa, é ótima, então  só pensei nessa ironia depois.

Como você lida com a fama?
Tento continuar trabalhando. Me lembro de dez anosa atrás Leonardo DiCaprio dizendo que ele gostava de poder  fazer uma pausa de tudo, mas acho que ele não pode mais fazer isso. Acho que você precisa  tirar proveito assim como orientar sua carreira, tudo ao mesmo tempo, especialmente com algo como Crepúsculo, que literalmente se tornou algo tão grande que explodiu. E como um sistema por inteiro, um mesmo universo.

 É um fardo pra você ou lhe abriu portas?
Abre algumas portas e fecha outras, como qualquer outra coisa. Você pode dizer, oh se eu ainda fosse desconhecido, então ninguém iria me julgar, mas ao mesmo tempo, ninguém te daria a mínima também. É um equilíbrio meio estranho.

Via

Nenhum comentário:

Postar um comentário